Amazonas

Templo Budista de Manaus Shinkyo-ji
Av. Darcy Vargas, 614 – Manaus – AM
CEP 69050-020

higashi-manaus

Monge Responsável: Rev. Hiroyuki Higashi

 

19 Comments:

  1. sou de Manaus e gostaria de aprender sobre o Budismo. Como devo proceder? Obrigada.

  2. Poderia me informar um número de contato?

  3. Gashõ! Por favor, qual a programação de cursos a ser realizado em Manaus?

    • Boa noite, por enquanto não temos programação de cursos. Assim que tivermos, publicaremos no site. Nesse meio tempo, você pode participar e estudar conosco pelos grupos em redes sociais e por meio dos sites e arquivos publicados. Atenciosamente, Rev Jean Tetsuji

  4. Daniela Saldanha

    Bom dia! Tenho interesse em aprender a meditar e gostaria de saber se tem algum monge q pode me ajudar? Grata!

  5. Entao pra que o budismo no brasil c nao fala o portugues ?

    • Boa tarde, O budismo não é uma religião proselitista, não tem missões de conversão ou catequização, ele se difunde naturalmente pelos imigrantes orientais (no Brasil veio com japoneses, na França com vietnamitas, por exemplo) e se adapta ao longo do tempo. Em SP já temos diversas atividades em português justamente pelo interesse de brasileiros à filosofia. Com a internet tudo de difunde muito rápido, mas a vida real nem sempre acompanha. Estamos trabalhando para isso. Mas participe de nossas redes sociais e estude à distãncia. Cordialmente, Rev. Jean Tetsuji.

    • PRezado, aqui é o Rv. Mauricio Hondaku. Talvez haja uma percepção errônea de sua parte quanto a formação de uma comunidade budista. Acredito que seja pela grande influência social das religiões abraamicas (catolicismo, judaismo e islamismo), pois nessas há um senso de proselitismo muito forte e faz com que elas próprias sejam as percursoras da formação de suas comunidades. Elas criam seus templos e chamam, ou convertem seus potenciais adeptos. No budismo, desde a época de Buda SHakyamuni, não é assim que funciona. É o inverso.

      Dessa forma, as comunidades são formadas por leigos, que se concatenam, se organizam e então chamam os monges para participar e serem seus professores e guias. Os templos e centros de Dharma ao redor do mundo não são construídos pelas ordens budistas, são feitos pelo leigos que então doam seu trabalho e dedicação para a difusão do Dharma. Os monges são serviçais desses templos e centros.

      Assim, em Manaus até hoje somente um grupo dentro da comunidade japonesa teve a disciplina, intenção e dedicação para montar e mantes um espaço e tem convocado monges para estarem aí. Como é uma comunidade que se expressa melhor na lingua japonesa, em respeito a isso, envia-se monges que falam essa lingua nativamente.

      Dessa forma, vc mesmo pode iniciar um projeto e fundar uma comunidade que fale exclusivamente portugues e teremos o maior prazer de enviar monges que falem fluentemente. Não precisa ser um espaço exclusivo, apenas um grupo que tenha disciplina e responsabilidade. Aguardamos seu projeto com entusiasmo.

      gassho

  6. Sildomar Silva

    Gostaria muito de conhecer as práticas do templo e os conhecimentos do budismo. Como faço?

  7. Fabianne Costa

    Bom dia! Gostaria de saber quais o dia e o horário de visitação. Há palestras? Estou interessada.

  8. Nara Mendonça

    Pode informar os horários de visitas e dias de visita e me confirmar se o endereço ainda é o mesmo.
    Obrigada

  9. luiz felipe da silva goes

    Alguém poderia me informar os horários de visitas ou telefone de contato aqui em manaus.

  10. Gostaria de obter os telefones do Templo de Manaus.

    Agradeço,
    ARISTIDES OLIVEIRA Jr.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.